Convenção do Tabaco da OMS - Gênese e papel da presidência brasileira nas negociações

Convenção do Tabaco da OMS - Gênese e papel da presidência brasileira nas negociações

Download gratuito

Modelo: Livros
Disponibilidade: online
Custo do livro físico: R$ 31,00
Qtd:     - OU -   Lista de opções

A Convenção-Quadro da Organização Mundial da Saúde para o Controle do Tabaco constituiu um marco na história da saúde pública. Pela primeira vez, a comunidade internacional se reuniu para redigir um acordo juridicamente vinculante para lidar com um problema que, à época da negociação e mantidas as tendências então verificadas, ceifaria, ao longo do século XXI, as vidas de meio bilhão de pessoas.

Não seria exagerado afirmar que, ao desempenhar papel fundamental para a adoção da Convenção-Quadro, o Brasil ajudou a salvar milhões de vidas. Esta obra, além de traçar um histórico da questão, busca registrar em que medida o Brasil contribuiu para o êxito das negociações. Ressalta os desafios e pressões enfrentados durante o processo e procura analisar, igualmente, os mecanismos internos que foram desenhados de forma criativa e inteligente para fortalecer e conferir ainda mais credibilidade e legitimidade aos posicionamentos assumidos pelo País durante as negociações.

Autor Pedro Marcos de Castro Saldanha
Editor FUNAG
Assunto 1. Tabaco - aspectos históricos. 2. Nações Unidas (ONU) - atuação. 3. Tabaco - produção - Brasil. 4. Tabagismo - Brasil. 5. Brasil. Presidência da República (PR) - atuação. 6. Convenção- Quadro para o Controle do Tabaco (2003). 7. Organização Mundial da Saúde (OMS) - atuação. 8. Diplomacia - Brasil. 9. Organização Mundial da Saúde (OMS). Órgão de Negociação Intergovernamental (ONI).
Número de páginas 274
ISBN 978-85-7631-577-3
Fundação Alexandre de Gusmão
Email: funag@funag.gov.br
Esplanada dos Ministérios - Ministério das Relações Exteriores - Anexo II, Bloco H, Térreo
Cep: 70170-900 | Telefone: (61)2030-6033 | Fax: (61)2030-9125
Cnpj: 00.662.197/0001-24