Referências

De Manual de Redação - FUNAG

(Associação Brasileira de Normas Técnicas - NBR 6023 e NBR 10520.)


Modelo básico: ordem dos elementos, realces e pontuação



Livro

 PARDELLAS, Carlos Alberto Pessôa. Epitácio Pessôa: na Europa e no Brasil. Brasília: FUNAG, 2018.


Se tiver mais de uma edição, é necessário indicá-la:

 BARBOZA, Mario Gibson. Na diplomacia, o traço todo da vida. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 2002.
CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain. Dicionário de símbolos. Tradução Vera da Costa e Silva et al. 3. ed. rev. e aum. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1990.


Em notas de rodapé, pode-se utilizar a forma abreviada de citação, preferencialmente com a indicação da página:

 BARBOZA, 2002, p. 25.


Capítulo de livro

AGUILLAR, Sérgio Luiz Cruz. As relações Brasil-Índia e as operações de manutenção da paz da ONU. In: VAZQUEZ, Karin Costa (org.). Relações Brasil-Índia: além dos 70 anos. Brasília: FUNAG, 2019, p. 107-119.
LINDGREN-ALVES, José Augusto. A Rio-92 como conferência social. In: ______. A década das conferências: 1990- 1999. Brasília: FUNAG, 2018, p. 71-91.


Artigo de revista

COZENDEY, Carlos Márcio. O pedido de acessão do Brasil à OCDE: onde estamos. Cadernos de Política Exterior, v. 5, n. 8, p. 149-161, 2019.


Artigo ou matéria em página de Internet

Jornal com autor:

PORTO, Walter. Isolamento pode ser chance de enfrentar livros que assustam pelo tamanho. Folha de S. Paulo, São Paulo, 27 mar. 2020. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2020/03/isolamento-pode-ser-chance-de-enfrentar-livros-que-assustam-pelo-tamanho.shtml>. Acesso em: 7 abr. 2020.


Jornal sem autor:

GRUPO alemão Bertelsmann conclui aquisição da Penguin Random House. Folha de S. Paulo, São Paulo, 2 abr. 2020. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2020/04/grupo-alemao-bertelsmann-conclui-aquisicao-da-penguin-random-house.shtml>. Acesso em: 7 abr. 2020.


Site:

ASSISTA à aula magna do ministro Ernesto Araújo aos alunos do IRBr. Fundação Alexandre de Gusmão, 2020. Disponível em: <http://funag.gov.br/index.php/pt-br/2015-02-12-19-38-42/3143-assista-a-aula-magma-do-ministro-ernesto-araujo-aos-alunos-do-irbr>. Acesso em: 7 abr. 2020.


Atenção: Abreviatura dos meses: jan., fev., mar., abr., maio, jun., jul., ago., set., out., nov. e dez.


Dissertações ou teses

ARAUJO, U. A. M. Máscaras inteiriças Tukúna: possibilidades de estudo de artefatos de museu para o conhecimento do universo indígena. 1986. 102 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, São Paulo, 1986.


Filmes

Título (Primeira palavra em CAIXA ALTA). Diretor. Local: Produtora, ano. Especificação do suporte em unidades físicas e duração.

 CIDADE de Deus. Fernando Meirelles. Rio de Janeiro: Globo Filmes, 2002. 1 DVD (130 min.).



Uso dos termos id., ibid., op. cit. e apud



São palavras de origem latina e, por essa razão, devem ser grafadas em itálico. Somente serão usadas em notas de rodapé.


As subsequentes citações da mesma obra podem ser referenciadas de forma abreviada, utilizando expressões latinas.

a) Idem significa mesmo autor e sua abreviação é id. Esse termo será usado quando a citação subsequente originar-se de uma obra de mesma autoria da citação anterior. Exemplo:

3 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS, 1989, p. 9.
4 Id., 2000, p. 19.

Nesse caso, a nota 3 cita uma obra da ABNT de 1989, enquanto a nota 4 cita uma obra da ABNT de 2000. Portanto, usamos id. para substituir o nome do autor.


b) Ibidem significa na mesma obra e sua abreviação é ibid. Este termo deve ser usado quando a citação subsequente for originária da mesma obra da citação anterior. Exemplo:

3 DURKHEIM, 1925, p. 176.
4 Ibid., p. 190.

Aqui, a nota 3 traz uma citação da página 176 de uma obra de Durkheim publicada em 1925, enquanto a nota 4 apresenta uma citação da mesma obra, porém de página diferente.


c) Opus citatum, ou opere citato, significa obra citada e sua abreviação é op. cit. Este termo deve ser usado para referenciar uma obra de mesmo autor já citada anteriormente, mas em caso de citações intercaladas. Exemplo:

8 ADORNO, 1996, p. 38.
9 GARLAND, 1990, p. 42-43.
10 ADORNO, op. cit., p. 40.

Veja que a nota 8 citou uma obra de Adorno de 1996. Na nota 10, a mesma obra precisa ser citada novamente, então op. cit. substitui o ano de publicação. No entanto, se houvesse duas obras de Adorno com anos diferentes, o uso de op. cit. não seria possível, pois precisaríamos diferenciá-las. Exemplo:

8 ADORNO, 1996, p. 38.
9 GARLAND, 1990, p. 42-43.
10 ADORNO, 1984, p. 100.
11 ADORNO, 1996, p. 74.

Aqui temos duas obras de Adorno, uma de 1996 e outra de 1984. Portanto, o ano precisa sempre acompanhar o nome do autor no caso de citações intercaladas para que o leitor possa identificar a origem das citações.


d) A expressão apud quer dizer "citado por", "conforme", "segundo". Exemplo:

4 EVANS, 1987 apud SAGE, 1992, p. 2-3.


Atenção: Confira, confronte é abreviado como Cf. e não precisa ficar em itálico. Exemplo:

6 Cf. CALDEIRA, 1992.


Lista de referências bibliográficas



Todos os livros/artigos devem apresentar uma lista com as referências bibliográficas utilizadas no trabalho. As referências devem estar completas, sem abreviações e sem o uso de id., ibid., etc.

As referências são ordenadas alfabeticamente pelo último sobrenome do autor seguindo-se a ordem cronológica crescente de publicação quando houver mais de uma referência do mesmo autor (usar "________." para substituir o nome do autor).

Quando houver referências bibliográficas com autores e data coincidentes, acrescentam-se letras após a data de publicação, seguindo-se a ordem alfabética da publicação.

WALZER, Michael. Guerras justas e injustas. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
________. Reflexiones sobre la guerra. Barcelona: Paidós, 2004.
WEINBERG, Gerhard L. A World at Arms: A Global History of World War II. Nova York: Cambridge University Press, 1994.