Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Francisco adolfo de varnhagen

Varnhagen

 

 

Nome completo: Francisco Adolfo de Varnhagen

Títulos / Epítetos: Barão e Visconde de Porto Seguro

Nascimento: 17/02/1816 

Local de Nascimento: São João de Ipanema,Sorocaba

Falecimento: 26/06/1878

Local de Falecimento: Viena,Àustria

 

Sobre:  “É o patrono da cadeira n. 39 da Academia Brasileira de Letras. No Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro ocupou os cargos de 1º secretário e de diretor da ‘Revista’ da entidade.” (Academia Brasileira de Letras)

Disponível em: http://www.brasiliana.usp.br/node/454>

 

Carreira: 

  • Período de Atuação Diplomática: 1841 -1877
  • Formação

Real Colégio da Luz em Lisboa (1825 a 1832)

Escola Naval (1832 e 1833)

  • Cargos ocupados

1833: Oficial de artilharia, promovido a tenente de artilharia do exército português

1841: Primeiro Secretário do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

1844: Adido à legação do Brasil em Lisboa. Integrou o Imperial Corpo de Engenheiros do Exército Brasileiro.

1854-1858: Serviu nas legações de Lisboa e Madri

1858-1860: Serviu nas legações do Paraguai

1861-1863: Ministro residente do Brasil na Venezuela, responsável pelas relações de Colômbia e Equador, também.

1863: Transferência para Lima, sendo acreditado também junto aos governos do Chile e Equador.

1868: Ministro residente em Viena.

1871: Ministro plenipotenciário do governo brasileiro em Viena.

  • Missões

1863: Missão em Cuba para conhecer as condições técnicas do cultivo e beneficiamento do açúcar e tabaco.

1872: Representante do Brasil no Congresso Estatístico de São Petersburgo.

1877: Percorreu o interior das províncias de São Paulo, Goiás e Bahia, trabalho que culminou na idealização da interiorização da capital do Brasil.

 

Obras:  VARNHAGEN, Francisco Adolfo de. Amador Bueno = A corôa do Brasil em 1641: drama épico-histórico americano. Madri: Imprenta del Atlas, 1858.

_______. As primeiras negociações diplomáticas respectivas ao Brazil. Rio de Janeiro: Typ. Universal de Laemmert, 1843.

_______. Cancioneirinho de trovas antigas... Viena: Typographia de I.E.R. do E.E. da Corte, 1870.

_______. Carta ao sr. dr. L.F. da Veiga acerca do autor das ‘Cartas Chilenas’. Rio de Janeiro: [s.n.], 1867.

_______. Da literatura dos livros de cavalarias. Viena: Imprensa do filho de Carlos Gerold, 1872.

_______. Épicos brasileiros. Lisboa: Imprensa Nacional, 1845.

_______. Florilégio da poesia brasileira. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras, 1946.

_______. História completa das lutas com os holandeses no Brasil desde 1624 a 1654. Viena: Imp. de C. Finsterbeck, 1871.

_______. História Geral do Brasil. Rio de Janeiro: E. e H. Laemmert, 1857. 2 v.

_______. O Caramuru perante a história. Jornal do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro,Rio de Janeiro: Typ. de João Ignacio da Silva (2. ed., 1870), tomo X, p. 129-152, 2º sem. 1848.

_______. O descobrimento do Brasil. Rio de Janeiro: Typ. Imp. e Const. de J. Villeneuve e Comp., 1840.

_______. Sumé. Madri: Imp. da V. de Dominguez, 1855.

_______. Tratado descritivo do Brasil em 1587. 3. ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1938.

_______. Trovas e cantares de um códice do XIV século. Madri: Alexandro Gomes Fuentenebro, 1849.

 

Publicações da FUNAG: A MISSÃO Varnhagen nas repúblicas do Pacífico, 1863 a 1867. Rio de Janeiro: CHDD, Fundação Alexandre de Gusmão, 2005. 2 v.

 

Links externos: 

Academia Brasileira de Letras

Fundação Biblioteca Nacional

 

Fim do conteúdo da página