Integração Elétrica Brasil-Bolívia - O encontro no rio Madeira

Integração Elétrica Brasil-Bolívia - O encontro no rio Madeira

Download gratuito

Modelo: Livros
Disponibilidade: online
Custo do livro físico: R$ 31,00
Qtd:     - OU -   Lista de opções

Nos anos 1990, após negociações cujas origens evocam os históricos Acordos de Roboré (1958), Brasil e Bolívia selaram parceria que permitiu a implantação de gasoduto de mais de 3.000 km de extensão, o Gasbol, marco na relação bilateral e principal empreendimento com que conta o país andino, ainda hoje, para dinamizar sua economia.
Mais recentemente, a crescente relevância do gás boliviano para o mercado brasileiro conduziu os dois países a discutir o aproveitamento hidroelétrico do Norte amazônico:
uma usina binacional no Alto Madeira e outra em Cachuela Esperanza, no rio Beni, ambas a montante das usinas de Santo Antônio e Jirau, em Rondônia, obras de infraestrutura que podem diversificar a exportação de energia ao Brasil para além do gás natural, bem como permitir o acesso da Bolívia ao oceano Atlântico por meio da rede fluvial do Amazonas.
Na opinião do autor, as perspectivas de integração elétrica e de vinculação física bilateral a partir dos projetos de desenvolvimento do Madeira ampliam a estratégia diplomática que teve gênese em Roboré e, ao mesmo tempo, reforçam doutrina elaborada por Alberto Ostria e Fernando Guachalla, para quem a Bolívia – “tierra de contactos” – tem atributos para exercer papel agregador na América do Sul.

Autor Carlos Alberto Franco França
Editor FUNAG
Assunto 1. Cooperação energética - Brasil - Bolívia 2. Gás natural. 3. Gasoduto - Brasil - Bolívia. 4. Energia hidroelétrica - Brasil - Bolívia. 5. Fonte energética - Bolívia. 6. Política externa - Brasil - Bolívia. 7. Potencial hidroelétrico - Rio Madeira. I. Título. II. Série.
Ano de edição 2015
Número de páginas 336
ISBN 9788576315544
Fundação Alexandre de Gusmão
Email: funag@funag.gov.br
Esplanada dos Ministérios - Ministério das Relações Exteriores - Anexo II, Bloco H, Térreo
Cep: 70170-900 | Telefone: (61)2030-6033 | Fax: (61)2030-9125
Cnpj: 00.662.197/0001-24