II CIAD - Conferência de Intelectuais da África e da Diáspora

II CIAD - Conferência de Intelectuais da África e da Diáspora

Download gratuito

Modelo: livros
Disponibilidade: online
Qtd:     - OU -   Lista de opções

O Ministério das Relações Exteriores, por meio da Fundação Alexandre de Gusmão, traz a público edição trilíngue do Relatório Final da II Conferência dos Intelectuais Africanos da Diáspora (CIAD). O evento, intitulado “A Diáspora e o Renascimento africano”, aconteceu em Salvador, Bahia, de 12 a 14 de julho de 2006, e teve como objetivo aproximar intelectuais das duas margens desse “rio chamado Atlântico”, para recorrer à expressão do Embaixador Alberto da Costa Silva, um grande africanista brasileiro.

A decisão do Governo brasileiro de sediar a II CIAD na capital da Bahia esteve repleta de significado. Não só o Brasil abriga a maior população negra fora do continente africano, como Salvador pode ser descrita como a cidade mais negra do Brasil e aquela que melhor reflete nossa herança comum. O Presidente Lula definiu a capital baiana como o “símbolo vivo das múltiplas dimensões da contribuição africana para o Brasil”.

A reunião de Salvador abordou diversos temas de interesse para brasileiros, africanos e demais membros da Diáspora, tais como identidade, gênero, religião, língua, democracia, desenvolvimento, economia, sociedade, cooperação, saúde, ciência e tecnologia, juventude, política de ação afirmativa, luta contra a pobreza, combate à discriminação. O resultado tornou ainda mais evidentes o grau de interseção de identidades entre brasileiros e africanos.

Autor FUNAG
Editor FUNAG
Assunto 1. Política externa - Brasil. 2. Política internacional - África. II. Título: a Diáspora e o Renascimento africano.
Ano de edição 2009
Número de páginas 604
Fundação Alexandre de Gusmão
Email: funag@funag.gov.br
Esplanada dos Ministérios - Ministério das Relações Exteriores - Anexo II, Bloco H, Térreo
Cep: 70170-900 | Telefone: (61)2030-6033 | Fax: (61)2030-9125
Cnpj: 00.662.197/0001-24