Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Seminário “MERCOSUL-Aliança do Pacífico: Reforçando os Vetores da Integração”

banner Mercosul

O Ministério das Relações Exteriores, em parceria com a Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) realizaram, em 5 de junho, no Palácio Itamaraty, o seminário “MERCOSUL-Aliança do Pacífico: Reforçando os Vetores da Integração”. O evento teve o propósito de divulgar os resultados alcançados e debater a importância, os desafios e as opções para o avanço da aproximação entre o MERCOSUL e a Aliança do Pacífico. Veja a programação completa.

Participaram da mesa de abertura o ministro de Estado interino das Relações Exteriores, embaixador José Antônio Marcondes de Carvalho; o presidente FUNAG, embaixador Sérgio Eduardo Moreira Lima (leia o discurso de abertura); e o vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Paulo Tigre. Assista aos vídeos de todo o evento. 

Confira as apresentações:

Painel I: Perspectiva das Organizações Internacionais.

Mario Cimoli, secretário-executivo adjunto da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL);

Joaquim Tres, especialista principal e coordenador de instrumentos regionais de integração do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID);

Painel II: Perspectiva do Governo e do Parlamento.

Edgar Vásquez, vice-ministro de comércio do Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru;

Painel III: Perspectiva do Setor Privado.

Fabrizio Panzini, gerente de negociações internacionais da CNI;

Manuel José Prieto Troncoso, diretor internacional e de comércio exterior da Sociedad de Fomento Fabril (SOFOFA) do Chile;

Daniel Marteleto Godinho, diretor de Estratégias Corporativas da empresa WEG S.A;

Fernando Valente Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT);

Painel IV: Perspectiva da Academia e da Imprensa.

Ivan Tiago Machado Oliveira, diretor de estudos, relações econômicas e políticas internacionais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

Celina Pena, diretora do Centro de Economia Internacional da Argentina (CEI).

 

Fotos: Arapuã Brito.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página