Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Roberto Costa de Abreu Sodré

 

94

Formou-se pela Faculdade de Direito de São Paulo. Participou dos movimentos universitários de oposição ao Estado Novo, envolveu-se nos movimentos univer­sitários que lutavam pela democratização, sendo um dos fundadores da União Democrática Nacional (UDN). Elegeu-se para a Assembleia Legislativa de São Paulo (1951) exercendo ainda mais dois mandatos consecutivos. Eleito governador do Estado pela Assembleia Legislativa (1966), ficou no cargo até 1971. Em 1986, foi convidado pelo presidente José Sarney para a pasta das Relações Exteriores (1986). Como chanceler, participou do processo de restabelecimento das relações diplomáticas com Cuba e aprofundou o processo de aproximação com a Argentina. Em novembro de 1988, assinou o Tratado de Integração, Cooperação e Desenvolvimento entre Brasil e Argentina. Em 1986, o Brasil participou da criação do Mecanismo Permanente de Consulta e Concertação Política (Grupo do Rio) entre os países sul-americanos, deu impulso ao processo de integração com a Argentina e ampliou a cooperação com a URSS e a China. No final do governo, deixou o Ministério (1990) e passou a dedicar-se à iniciativa privada.

Fim do conteúdo da página