Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Olinto de Magalhães

 

62

Nascido em Minas Gerais e falecido no Rio de Janeiro, formou-se em Medicina (1887). Com a Proclamação da República, foi eleito deputado constituinte por Minas Gerais. Ingressou no serviço diplomático (1891) servindo como primeiro-secretário em Viena, México e Paris e como enviado extraordinário e ministro plenipotenciário em São Petersburgo e Berna. Participou da Missão Especial em Washington (1893), que tratou da questão de Palmas, chefiada pelo barão do Rio Branco. Em 1898, assumiu a pasta das Relações Exteriores, permanecendo no cargo durante os quatro anos do governo de Campos Salles. Como chanceler, promoveu maior aproximação com a Argentina, que culminou na troca de visitas dos presidentes Campos Salles a Buenos Aires, e Júlio Roca ao Rio de Janeiro. Em dezembro de 1900, o Brasil obteve decisão favorável na questão do Amapá, conduzida pelo Conselho Federal Suíço. Ao deixar a chancelaria serviu nova­mente em Paris e foi delegado brasileiro à Conferência de Paz de Versalhes (1918).

 

Fim do conteúdo da página