Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Otávio Mangabeira

 

69

Nascido em Salvador (BA) e falecido no Rio de Janeiro, diplomou-se em Engenharia Civil e Ciências Físicas e Matemáticas pela Escola Politécnica da Bahia (1905). Eleito vereador em Salvador pelo Partido Republicano da Bahia (PRB), após a vitória de Hermes da Fonseca aderiu ao Partido Republicano Democrata (PRD) e foi deputado federal pela Bahia (1911, 1915 e 1918). Desligou-se do partido, ingressou na oposição (1919) e reelegeu-se para a Câmara pelo PRB, onde permaneceu até 1926. Com a posse do presidente Washington Luís (1926), foi nomeado ministro das Relações Exteriores. Durante sua gestão, reestruturou o Itamaraty e assinou com a Colômbia o Tratado de Limites, definindo a linha Apapóris – Tabatinga como fronteira. Após a deposição de Washington Luís (1930), exilou-se na Europa, até à anistia de agosto de 1934. De novo deputado federal pela Bahia, na Câmara fez oposição sistemática a Getúlio Vargas. A sua vinculação à Ação Integralista Brasileira (AIB) o levou a ser preso e condenado (1938). Nesse mesmo ano, conseguiu viajar para Nova York, onde permaneceu até a anistia de 1945. Sendo um dos fundadores da União Democrática Nacional (UDN) (1945), elegeu-se deputado constituinte pela Bahia, da qual seria governador (1947). Eleito novamente na Bahia, foi deputado (1954) e senador (1958).

Fim do conteúdo da página