A FUNAG publicou os seguintes livros em 2019:

Cadernos de Política Exterior - Ano V • Número 8 • 2019

Autor: Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) - Fundação Alexandre de Gusmão
Ementa: A publicação inicia-se com artigo do ministro das Relações Exteriores, embaixador Ernesto Araújo, adaptado de sua palestra proferida na abertura do seminário sobre globalismo – evento promovido pela FUNAG em 10 de junho de 2019. Na sequência, apresenta-se texto do embaixador Alberto da Costa e Silva, elaborado por ocasião da celebração do Dia da África, em 27 de maio de 2019, em evento realizado no Itamaraty. O diplomata e historiador Bruno Miranda Zétola reflete, em seu artigo, sobre o importante papel do Itamaraty no processo de internacionalização da língua, cultura e economias criativas brasileiras. Os Cadernos trazem, ainda, texto do embaixador Carlos Márcio Cozendey, com reflexão sobre a adesão do Brasil à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e as razões que justificam o interesse brasileiro em se tornar membro da Organização. Entre outros artigos.

Cadernos do CHDD - Ano 18 • Número 34 • 2019

Autor: Centro de História e Documentação Diplomática (CHDD) - Fundação Alexandre de Gusmão
Ementa: Este número traz correspondências da legação do Brasil em Montevidéu entre 1834 e 1837; da embaixada do Brasil em Lisboa entre 1937 e 1942; e do consulado do Brasil em Luanda entre 1857 e 1860. Os documentos de Montevidéu são úteis para compreender o quadro político da região e as relações do novo estado uruguaio com a Revolução Farroupilha. Juntamente com a série de documentos publicados nos “Cadernos” desde o número 31, a missão de Manoel de Almeida Vasconcellos em Montevidéu oferece um panorama dos desdobramentos dos processos que reconfiguraram as forças políticas concorrentes na Bacia do Prata a partir da década de 1830. entre outros artigos.